Arquivo | Dicas RSS feed for this section

+ aliviada

6 dez

Hoje fazem exatos 10 meses que saí do Brasil e, além da saudade estar gigante e zoar tudo aqui dentro, tenho carregado um sentimento “pesado” no meu coração: A dúvida entre estender ou não estender.

Hã três meses atrás, eu escrevi um post sobre esta grande decisão que toda au pair um dia tem que tomar na vida. No final das contas eu decidi ESTENDER por 6 meses! O tempo passou, muitas mudanças aconteceram, e agora é época de decidir novamente!

Cheguei na minha atual casa fazem exatamente três semanas e em +- dez dias tenho que dizer pra minha host mom se FICO ou se VAZO! A minha agência está me mandando emails do tipo “Atencão! Última chance para estender!!” e cada dia que passa fico com o coração mais apertado porque no fundo não queria ter que decidir isso, muito menos ter que contar pra minha família/namorado/amigos que vou FICAR, ou falar pra host family que estou VAZANDO!

Neste último fds que passou, eu decidi que queria conversar com a minha host mom antes de eu dar a resposta definitiva! Ela tem sido muito bacana comigo, tanto ela quanto o host dad! Eles são super sompreensivos e sempre tentam ver o meu lado da situação! Os meninos também são uns queridos e a cada dia tenho aprendido a gostar mais deles!… Não queria carregar o sentimento de que estou fazendo algo de ruim pra eles… tipo, eu sei que chegar na casa de uma família, passar por um tempo de adaptação, aprender os costumes, manias, regras, etc… nunca é fácil! Não é fácil pra au pair, muito menos pra host family! E passar por tudo isso, pra ter a au pair por apenas 3 meses… – querendo ou não – é sacanagem!

Por consideração a eles, resolvi conversar com a minha host mom e falar tudo o que estou sentindo! Como estava com medo de esquecer qualquer detalhe, escrevi uma cartinha soh pra ajudar a minha memória (que por sinal é BEM ruim). Saca só:

 

Eu tenho +- 10 dias para decidir se ficarei por aqui ou se voltarei para o Brasil. Eu sei, vejo e sinto que você e o Lee (host dad) tem feito o melhor pra me fazer feliz aqui! E eu realmente quero tentar ficar, mas até agora tenho sentido que não tenho muito o que fazer aqui. Além das várias horas off durante o dia, quando as kids então em casa, eu não tenho muito o que fazer! Os dias passam devagar e eu estou sempre entendiada.
Eu sou uma pessoa que gosta de manter-se ocupada e de sentir-se útil… e o fato de não ter muito o que fazer tem me feito pensar muito em minha família, amigos e namorado! Estou com mais saudades do que nunca e também penso na vida que tenho que continuar no Brasil (estudando e trabalhando).
Por isso, quero te perguntar se você tem algum conselho… o que as outras au pairs normalmente faziam para se manterem ocupadas* aqui? (traduzindo*: FELIZES)

Estava com medo, mas graças a Deus, consegui falar tudo isso pra ela hoje… até uma pouquinho mais! Ela foi SUPER compreensiva! Me deu uns conselhos legais e falou que é pra eu pensar em MIM e tomar a decisão certa..! Eu ainda não estou acreditando que a a nossa conversa foi tão tranquila e positiva!!… Ela não gritou ou mandou eu sair de casa – hahaha, como eu estava imaginando!

O Deus, obrigada!!… Estou com o coração BEM mais aliviado!!…

Agora…??? Só preciso decidir!!…

“O homem faz planos, mas a resposta certa vem dos lábios do Senhor.” – Prov. 16:1

“Seja a paz de Cristo o árbitro em vosso coração.” – Col. 3:15

A evolução do inglês

5 dez

Antes de eu vir pra ca, a coordenadora da minha agencia me falou algo com relacao ao processo de aprendizado de ingles e agora, 10 meses depois, posso confirmar: Ela estava certa!

Vou contar +- como funciona o processo baseando-se na minha experiencia, ok?

Digamos que da para dividir em 3 etapas:

1) Primeiro mes


Eu sai do Brasil achando que meu ingles era bonzinho. Entendia o basico e conseguia fazer com que os outros entendessem o que eu estava querendo dizer (nem que levasse 5 minutos pra falar uma frase :P). O que acontece eh que a gente nao esta preparada para RECEBER o ingles no comeco. Acho que o nosso cerebro no comeco eh meio mimado e se recusa entender.. ou leva mais tempo do que o normal para absorver as coisas.
Por exemplo: quando eu entrei no aviao (ha 10 meses atras :O) um aeromoco olhou pra minha camiseta e falou “Forever Young, I want this shirt”. Na hora eu soh sorri e fingi que tinha entendido! Depois que eu sentei na minha cadeira e sosseguei… parece que me deu um ‘clic’ e dai eu “Ahhh, entendi o que ele falou”.
Esta foi a primeira de varias vezes que isso aconteceu… Eu diria que o primeiro mes eh bem pra isso, pra ACOSTUMAR a cabeca 😀
obs: tenho varias amigas que tiveram bastante dor de cabeca no primeiro mes… acredito que seja por isso – adaptacao!
No comeco eh tbm normal voce ACHAR que entendeu algo, e na real compreender algo completamente diferente. Jah cansei de colocar no forno, o que era pra fritar, etc!!… Um conselho? Apos qualquer ordem ou pedido de alguem, tente com as suas palavras repetir o que a pessoa falou, apenas para garantir que voce entendeu corretamente.
Neste primeiro mes, voce tambem deve estar bem aberta para CORRECOES! Mesmo voce sabendo que o certo eh falar “They do” e “She does”… voce vai com certeza soltar uns “They does” e “She do”… e cara, se Deus quiser, pessoas ao seu redor irao te corrigir e voce deve estar pronta pra ouvi-los e ateh grata por isso.. pq quanto mais aprender, do mais simples ao mais dificil, melhor!

2)Terceiro mes

A fase de se acostumar com o ingles jah passou, e agora voce consegue ateh assistir TV e rir! 😀
Alem disso, no comeco eh dificil entender o que as pessoas estao falando ao seu redor se voce esta concentrada fazendo qualquer outra coisa, mas acho que no terceiro mes, voce jah esta mais acostumada e caso voce esteja assistindo tv e alguem te peca alguma coisa.. voce provavelmente ira entender!
No comeco tambem, voce mais escutava, agora da ateh pra tentar falar =D e FALAR eh o segredo.. quanto mais tentar falar, quanto mais tentar montar as frases e explicar em INGLES o que voce esta querendo dizer, MELHOR!!..pior bobeira eh ter uma brasileira junto contigo traduzindo o que voce fala 😛

Uma das maiores satisfacoes apos o terceiro mes, eh entender trechos de musicas!! =D hahaha… sabe aquelas musicas em ingles que voce cantava do SEU jeito, e vc tinha certeza que tava certo mesmo nao fazendo ideia do que as palavras significavam??? Entao… depois de um tempo nos EUA, voce consegue entender trechos das musicas e alem de entender as palavras, voce sabe ateh o que elas significam.. e digo mais, da ateh pra arriscar cantar =D (nao no meu caso :P)

3)Sexto mes


Assistir filmes em ingles e entender jah nao eh mais taaao novidade, mas sempre eh satisfatorio =) Alem disso.. voce comeca a virar a “velha do grupo”.. ateh o quarto mes +-… voce ACABOU de chegar… hahaha. Do sexto em diante, voce jah esta aqui faz um tempinho!! No decimo, como eu, hahaha.. as novas au pair olham pra voce como um heroina!
Jah nao ha tanta dificuldade para entender as pessoas e voce jah nao pede mais para eles repitirem as frases! Falar tambem jah nao eh problema, voce consegue levar uma conversa numa boa, debater ideias, etc… Mas, uma coisa eh fato (acontece comigo e tenho amigas que dizem a mesma coisa)… Quando voce vai falar sobre algo que voce nunca falou sobre aquilo EM INGLES, eh dificil! Por exemplo, falar sobre voce, sua familia, como voce esta.. sempre eh facil..! Vc fala sobre isso todos os dias e as frases saem naturalmente da sua boca. MAS… se um cara chega pra ti e pergunta o que voce acha sobre a MORTE DAS BALEIAS DOURADAS NA ASIA? Meuuu.. nao sei vc, mas eu nunca falei sobre isso na minha vida..! Mesmo que voce tenha uma opniao formada, eh dificil no comeco colocar em palavras… voce se sente perdida, parece que teu ingles eh o pior da historia… 😛 mas nao eh!!.. Para um pouquinho, pensa, organiza as ideias e dai.. FALA =D as pessoas vao entender, eu garanto!
Mais uma vez, isso eh comigo! cada menina eh diferente… tenho amigas brasileiras que estao aqui ha 5 meses e apavoram o meu ingles e tambem tenho amigas que estao aqui ha 2 anos e parece que acabaram de chegar aqui pq o ingles eh terrivel… Entao assim, varia MUITO! Mas o maior problema das que estao “atrasadas” no ingles… eh o fato de estarem rodeadas de brasileiros ou de qualquer amigo da sua nacionalidade! Quer aprender ingles?? – como meu host me disse uma vez, FALE em ingles, PENSE em ingles, LEIA em ingles, ASSISTA coisas em ingles, OUCA musicas em ingles.. se interne no INGLES =D

Infelizmente, tirando a nossa host family, eh dificil se relacionar com americanos!… A maioria das au pair soh faz amizade com au pair.. ou seja, a chance de vc sair daqui com um sotaque brasileiro misturado com alemao/suico/blablabla eh muito grande!! Mas… o que importa eh aprender ingles, certo?!
Se vc for empenhada, estude em casa, ajuda bastante – principalmente gramatica (Vc pode achar tudo na internet =D)!! Eh louco de bom lembrar das regrinhas que vc estudou em casa, durante uma conversa com alguem, e reparar que voce esta falando certo ou ateh mesmo encontrar os seus proprios erros!
Nao se acomode.. nunca se contente com o seu nivel de ingles! Sempre HA o que melhorar e sempre tem COMO melhorar!

Uma coisa coisa que as au pairs normalmente querem saber antes de vir pra ca eh que nivel de ingles eh ideal pra vir pros eua?… bom, como eu disse, a gente sempre melhora.. soh que eh tudo um PROCESSO!..
Se voce chegar aqui com um ingles +-… voce saira com um BOM! Se voce chegar com um MARAVILHOSO, voce saira com um EXCELENTE?!..
entende? Dai depende de vc.. estudar mais no Brasil, e sair daqui com um ingles alucinante. Ou… pular umas classes de ingles e aprender do basicao ao intermediario por aqui!

Bom, eh isso ai.. =D duvidas, comentarios?? Estou aqui!

E o Alaska foi notaaaa…

28 set

ValentineNumber10

Passei algum tempo pensando em uma palavra para definir a minha viagem para o Alaska e dentre as várias que eu pensei (LINDA, MARAVILHOSA, INESQUECÍVEL…) acho que finalmente achei a que mais faz sentido para mim: COMPLETA!

Me dei conta que a minha viagem foi tão boa em uma conversa que tive com a minha irmã. Diferente do que tem sido a minha vida desde que cheguei aqui nos EUA, acho que finalmente tive algo que me fez sentir 100%. Papo de doida? Deixa eu tentar explicar!! Desde que tenho vivido como uma Au Pair… sendo a “filha mais velha”, em um “lar”, com a “minha família” e com os “melhores amigos” por perto.. eu tenho tido momentos MUITO BONS e FELIZES, entretanto não me sinto COMPLETA. Eu não sou 100% FILHA, este não é 100% o meu lar e as pessoas ao meu redor não são a minha (100%) FAMÍLIA ou (100%) MELHORES AMIGOS… Eles são os melhores que eu posso ter AQUI sim… mas, não são… 100%!!… Deu pra entender?


Diferente dessa “incompletude” toda aí que eu descrevi, a minha viagem para o Alaska foi 100% daquilo que uma VIAGEM podem ser!!! Pra começar, todas as pessoas que eu conheci eram SENSACIONAIS!!! Desde a senhora que sentou do meu lado no avião que eu peguei em NYC (indo pra minha conexão em Chicago), até os tios que trabalhavam nos hoteis que eu fiquei, minhas companheiras de quarto, os motoristas dos ônibus… TODOS… Um mais querido que o outro!
O povo do Alaska é muito simples e querido, não sei explicar… tem uma ‘energia’ diferente naquele estado que me fez sentir super a vontade e bem vinda!


Além das pessoas, o lugar era LINDOO!! Eu cheguei lá quando o outono estava começando, ou seja, todas as árvores estavam variando entre o amarelo, laranja e verde… simplesmente LINDO!!! Fiz alguns tours e isto me proporcionou umas vistas alucinantes!
Quando fiz o rafting, eu estava num riozinho (MEGA GELADO) com a água bem clara, e tanto do meu lado esquerdo, quanto do direito, tinham montanhas enormes! Ambos os lados cheios de árvores com aquelas cores que eu falei ali em cima. Nada de barulho de carro, pessoas, etc… DELÍCIA!!!

O outro tour (26 Glaciers Cruise)… velho, não preciso nem falar, neh?? Umas 5h de tour entre 26 geleiras, com direito a vista de animaizinhos como águia, foca, baleia ^^ … e outros que não lembro o nome! Fiz outro tour tambem, dentro de um ônibus que passeia umas 5h tambem por dentro de um parque.. e cara, você não consegue cansar ou tirar os olhos da janela… a cada 5 minutos aparece um animal diferente!! Neste dia eu vi caribou, alce, cabra da montanha (? não sei o nome…), um passaro que representa o estado do Alasca, vi urso 😀 uma DELICIA!!!

Bom, sei que tem uma galera que começou a ler o meu blog pois tem planos de ir para o Alaska!! Então.. vou contar +- como foi meu roteiro, colocando sites, preços, opiniões, etc… ^^ espero que ajude!!

07 de Setembro (quarta) -> Cheguei na Penn Station as 9h e daí peguei uma van para o aeroporto La Guardia. O meu voo era as 11h50am mas só saiu as 14h! Fiz várias conexões e o voo durou o dia inteiro (cheguei em Anchorage as 1:00am). Do aeroporto em Anchorage peguei um taxi para o hostel.
Van Penn Station/La Guardia -> $15
VOO  -> $518.40 (ida e volta)
-Taxi (aeropoto/hostel) -> $20
Hostel  -> $25 por noite

Vídeo que gravei andando pelas ruas de Anchorage: 

08 de setembro (quinta) -> fiz o tour das 26 Geleiras
Tour com transporte (um onibus vem buscar em um hotel bem pertinho do hostel… da uns 15 minutos andando) -> +- $200

09 de setembro (sexta) -> uma van veio me buscar cedinho no hostel e daí fui pra DENALI. A van me deixou no WAC (é meio que um ponto de encontro dos onibus de turismos! Neste lugar, você pode fazer várias trilhas ou pegar onibus diferente para ir fazer outros tours). Esperei umas 2h e uma van veio me buscar pois tinha rafting agendado. Assim que o tour termina, a van do tour te leva de volta para o WAC. Os hosteis normalmente possuem shuttle (van que busca/leva o povo) para o WAC, só que o horário deles é bem ruim, saem de manhã, ou de noite! **importante checar os horários do shuttle!! O hostel que eu fiquei em Denali é LINDO e eu suuuuper recomendo!!!
Van Anchorage/Denali -> $75
Rafting  -> $84
Hostel em Denali -> $30 por noite

10 de setembro (sábado) -> tinha um tour agendado para as 2h da tarde, mas como o shuttle do hostel não tem muitas opções, cheguei no WAC as 8h da matina. Estava com duas amigas e fizemos duas trilhas diferentes por lá! No final do dia, o onibus do tour me deixou no WAC e eu esperei o shuttle do hotel vir me buscar.
Tour  -> $150
*O tour é muito bom mas o que importa mesmo são os animais e você pode pegar outros ônibus  por $50 e ver os MESMOS animais!!!

*Assim que você entra nestes ônibus não tem onde comprar comida, então… não esqueça a lancheira!!!

Vídeo que gravei enquanto eu estava andando para o WAC:

11 de setembro (domingo) -> passei a manhã arrumando minhas coisinhas no hostel e daí fiquei fazendo hora em um cafezinho que tem bem na frente do hostel!! Comida MUITO boa mas eu achei carinha!! As 14h a van veio me buscar e eu voltei pra Anchorage!! Fui direto para o aeroporto pois estava com mala e não tinha empenho de ficar carregando nada!
Van  Denali/Aeroporto em Anchorage -> $82

12 de setembro (segunda) -> meu voo saiu as 1h30 da matina e eu cheguei em NYC as 4h da tarde! Peguei uma van que me levou do aeroporto (JFK) pra Penn Station. E de lá… vim pra casa!!
Van JFK/PennStation  -> $17

Bom, na internet a gente acha BASTANTE coisa… mas preciso dizer que o que me ajudou mais foram dois livros que li!!!
– O primeiro é uma revista que você pode encomendar GRATUITAMENTE neste site.
– O segundo é um guia pra turista, ano 2011, que encontrei na biblioteca aqui perto de casa… Mas se você quiser comprar também da.

Sites que eu recomendo:
– Alaska em geral: http://www.alaskatravel.com/ e http://alaskatours.com/
– Denali: http://www.reservedenali.com/

Importante antes de planejar a sua viagem pro Alaska é pensar QUANDO!!! Antes de de MARÇO, tudo está fechado por lá por causa do frio!! Na real, as coisas começam a funcionar de verdade em JULHO, quando o verão chega! Julho e Agosto são os meses mais quentes, mas tambem os MAIS CAROS!!! Eu fui em SETEMBRO e, além de ser mais barato, o outono estava chegando, por isso a paisagem estava maravilhoooosa… AMEI!!! *detalhe: tem que ser no comecinho do mês pois lá pelo dia 15 tudo fecha!!!

É isso ai!! 😀 Qualquer dúvida, sugestão, crítica ou elogio…  só falar comentar!!

***Adicionei dois vídeos no meu post sobre o meu aniversário!! 😀 Pra quem quiser conferir!!!

A saudade está tendo fases…

20 set

A saudade sem dúvida é a parte mais difícil desta história de INTERCÂMBIO. É dificil de defini-la, e mais dificil ainda de compreende-la. Dentro de mim, ela tem fases. Tem dias que ela nem incomoda e as memórias boas do passado passam pela minha cabeça e só me fazem sorrir ou apenas PENSAR. Pensar com atenção, lembrar dos detalhes… Sorrir pensando nos detalhes. Entretanto, tem dias que ela sufoca, ela não me deixa nem pensar… Ela só me faz querer voltar pra casa, pegar o primeiro avião e que se dane o RESTO!…. traduzindo: qualquer coisa que não seja o MEU LAR… é RESTO!

Antes de vir pra cá, eu sabia que a saudade viria  comigo. Eu sabia que a partir do momento que eu falasse TCHAU e entrasse naquela portinha do aeroporto, a saudade ia se amarrar em mim e só iria largar quando eu estivesse no Brasil novamente, cercada por aqueles que eu amo. Como eu disse, eu sabia que ela estaria aqui, mas sinceramente… eu não sabia que ela ia se amarrar TÃO forte em mim!… é como se fosse uma corda mesmo… quando ela aperta, ela machuca, ela sufoca, fica dificil até de repirar! Não é drama não gente… a parada dói FISICAMENTE! E nesses dias quando ela aperta… fica dificil de sorrir, de conversar, de fazer qualquer coisa… A gente sente pena da gente mesmo e a vontade de deitar e chorar sem parar é GRANDE. As vezes é tão grande que todo o meu esforço de me fazer de forte vai pro saco e eu me rendo… só choro.

Quando eu estava voltando do Alaska pra NY, eu me deparei em um desses momentos quando a saudade APERTA, SUFOCA… e o choro vem e se nega a ir embora. Eu estava sentada na caderinha esperando o horário do vôo e DO NADA meu olhos encheram de lágrimas e o coração só dizia: “QUERO IR PRA CASA, QUERO IR PRA CASA! POR FAVOR NICOLE, ME LEVA PRA CASA!!”… Eu sabia que eu estava indo pra “casa” e que tinha uma “família” me esperando… mas não era a CASA que eu queria muito menos a FAMÍLIA que, naquele momento, eu estava precisando. Eu comecei a chorar e NÃO CONSEGUIA PARAR. Acho que até assustei as pessoas que estavam ao meu redor! Eu abaixei a cabeça e deixei o cansaço, a saudade e todas aquelas lágrimas tomarem conta de mim. Só levantei a cabeça quando eu escutei que era hora de embarcar. Enchuguei do jeito que pude o meu rosto (com o meu casaco já encharcado) e entrei na fila de embarque. Dentro do avião, a mesma coisa. Assim que sentei, virei o rosto pra janela (pra garantir que ninguem estava me vendo) e as lágrimas vieram novamente… – As danadas só pararam quando eu caí no sono!

CONSOLO: “A alegria pode durar uma noite mas a alegria vem pela manhã” – Salmos 30:55

Estava escrevendo este post e adivinha???? Fui interropida por duas ligações… Primeiro a minha irmã linda me ligou no skype e daí (CLARO) já sacou a minha carinha de mais ou menos, perguntou o que tava acontecendo e eu só respondi entre lágrimas: “Saudade de casa”. Depois de uma conversinha delícia com ela, o sorriso já estava saindo mais facil e o dia melhorou. Assim que acabou a minha conversa com a minha sister, o meu namorado tambem me ligou no skype… e lá se foram mais uma hora e meia de sorrisos 😀

…acredito SIM que de alguma maneira Deus fez eles me ligarem bem nessa hora! Muitas vezzes passo a semana sem ouvir a voz deles… e justo hoje, justo AGORA, os dois me ligaram!!… Deus é BOM! Deus é MUITO BOM!

Continuando o post, agora com um pouco menos de ‘drama’!…:D

De uma maneira especial e diferente, tenho aprendido a apreciar a saudade. Pode parecer frase de doida ou até contradissão… hiauhaiua na verdade, é sim! A saudade faz eu me contradizer de 5 em 5 minutos. Num minuto chorando, no outro correndo e sorrindo. É dificil de explicar… Enfim, vou tentar ajudar vcs a entenderem o meu sentimento com uma frase de uma carta que meu namorado (delícia) me mandou:

“A saudade quase mata a gente mas ao mesmo tempo, ela desperta a nossa atenção pras coisas que às vezes vão ficando esquecidas.”

Quando eu cheguei aqui no comecinho de fevereiro, a palavra SAUDADE já se fazia presente na minha realidade mas eu ainda estava cercada de tantos questionamentos… que nem parava pra reparar na DOR. Eu me perguntava se eu ia aguentar, se ia doer muito, se não ia doer, se ia passar rapido, se ia melhorar conforme o tempo passasse, etc. Depois que passou a fase dos questionamentos, eu entrei na fase da raiva. Eu tinha raiva da saudade. Não queria sentir dor e queria fazer de tudo pra que ela fosse embora. Eu sabia que ela não ia embora, o que me deixava mais frustrada, mas tentava buscar meios de ‘melhorar’ a sensação TÃO ruim que estava dentro de mim. Além disso, eu vivia na esperança de que ela diminuisse – muitas pessoas me falaram que ela diminuiria conforme o tempo passasse – mas não aconteceu comigo!!! Essa fase da raiva, vontade de bater nas coisas, sei la… até que durou bastantinho tempo… mas também passou! Agora eu estou em outra fase 😀 vamos chama-la da fase do ‘Fazer o que?!’. Não é a toa que eu dei um nome mais simpático para esta minha nova fase… sim, estou em um momento ‘melhor’ com relação a saudade! Acho que eu simplesmente aceitei e entendi que a saudade não vai passar, ela não vai melhorar. Ela ainda dói, ainda machuca, ainda me faz chorar… mas o fato de eu não tentar fazer ela ir embora, e não viver na esperança de que ela diminua, fez com que o meu coração ficasse mais tranquilo, mais em paz! Afinal… FAZER O QUE???

Graças a Deus esta ultima fase aí que eu falei… chegou!!! =D Espero que ela continuo ou melhore…

Amanhã = ALASKA

7 set

*Escrito: 06 de Setembro de 2011- TERÇA

Finalmente estou com TUDO 100%! Na verdade, quase tudo… : P falta pegar umas snacks (lanchinho) pra comer durante a viagem! Fora isso, to prooonta!

A ideia de ir pro Alaska chegou na cabeça quando comecei a procurar por CRUZEIRO pra fazer nos EUA. Eu sinceramente estava mais esperando por coisas como Caribe, Mexico e Jamaica, mas quando eu vi a palavra ALASKA… parece que um daqueles sinais gigantes com luzes fluorescentes apareceu piscando na minha cabeça “É ISSO!! É ISSO!!”.

Foi +- em Junho que isso aconteceu e, desde então, comecei a olhar preços de passagens, hosteis, lugares mais famosos para visitar, onde ir, o que fazer, como fazer, o que não fazer, etc. Achei MUITA informação na internet e também encomendei uma revista gratuíta com várias informações legais sobre o lugar!!!

Fazer um cruzeiro para o Alaska ficou só na vontade… Sou menor de 21 ainda e não posso fazer nada por aqui (sim gente, NADA de cruzeiro para menores de 21 anos nos EUA… A NÃO SER QUE VOCÊ ESTEJA ACOMPANHADA POR ALGUÉM DE 25 ANOS OU MAIS). Tentei achar companhia e de fato o frio assustou a mulherada… Todo mundo queria ir pra Miami, Caribe, praia, sol, calor… ou seja… ALASKA NÃO! Enfim… toda essa situação misturada com o fato de que esta é uma viagem consideravelmente cara, fez com que eu começasse a desistir da ideia!…

Como você podem imaginar, NÃO DESISTI! 😀 Conversei um pouquinho com uma amiga que estava com os planos prontos para ir pro Alaska em Julho/2011 e ela me falou umas boas verdades que me fizeram parar de bixisse e continuar firme com o meu planos de viagem! 😀 Poxa, não é todo dia que a gente pode fazer algo do tipo, não é mesmo? E cara.. praia eu tenho no Brasil (Tá! Eu sei que CARIBE é CARIBE mas… vai te catá quem olha umas fotos das geleiras no Alaska e não acha aquilo tudo lindodemorre… quando que eu vou ver algo parecido, hã?). Resumindo: VOU PRO ALASKA SIM E VOU SOZINHA 😀

A revista que eu encomendei e chegou pelo correio suuuper me ajudou! Peguei várias dicas do que fazer, onde dormir, o que é mais barato… etc. Revistinha super útil! Pesquisei BASTANTE, troquei várias emails com agências, fiz algumas ligações, disse NÃO pra bastante coisa (pra economizar…) e agora, FINALMENTE, estou pronta!

Basicamente minha viagem será assim:

1º DIA – Quarta
Passarei o dia dentro de onibus/trem/shuttle/avião pra chegar em Anchorage.
De noite vou pro hostel.

2º DIA – Quinta
Acordo cedinho e vou fazer um tour – 26 Glacier Cruise

3º DIA – Sexta
Pego um ônibus de Anchorage e vou pra Denali
A tarde farei outro tour – Rafting
Vou para o hostel

4º DIA – Sábado
Tenho um tour agendado para o período da tarde – Tundra Wilderness 
Ir para o Hostel?

 5º DIA – Domingo
O dia estará livre até o período da tarde quando pego o ônibus de Denali pra Anchorage
Chegarei em Anchorage no final do dia direto no aeroporto

6º DIA – Segunda
Uma hora da matina meu avião sai de lá e daí curtirei o final do dia em NYC antes de voltar pra casa…

DELÍCIA!!!! 😀 Agora é hora de dormir… os meus próximos dias prometem!

Driver License

10 ago

Está aí uma coisa importante! Toda au pair tem que ter carteira de motorista, é algo exigido pela agência antes mesmo de deixar a candidata a au pair procurar uma ‘família de acolhimento’ (host family). O que a agência não faz é conferir a validade da carteira! O importante é ela estar VÁLIDA, se vai vai vencer um mes depois ou 10 anos, tanto faz! Isso, diferente do que parece, não é bom não! Eu vim para os EUA no dia 07 de fevereiro de 2011 e a minha carteira de motorista provisória (aquela que a gente recebe quando acabamos de tirar a carteira e é válida por apenas 1 ano) iria vencer quase dois meses depois desta data, no dia 23 de março. Quando eu cheguei na Pensilvânia, eu achei que seria muito mais facil pra conseguir pegar uma carteira válida. Achei que eu iria mostrar a minha PID (Permissão Internacional de Dirigir) e os caras iriam me dar um papel, sei la, qualquer coisa que permitisse com que eu dirigisse pelas ruas “estadunidenses”! Doce ilusão!

Com a PID vencida, não podia dirigir e não tinha nada que eu pudesse fazer e ninguém sabia me ajudar! Nem a minha agencia do Brasil, nem minha familia, nem a minha host family, nem a minha agência americana, muito menos a coordenadora local! Aí a agua começou a bater na bunda (desespero de não poder dirigir e morar no meio do mato) e eu comecei a agilizar o processo de tirar a carteira americana sozinha! Tive que começar do zero, como se não tivesse nenhuma experiência! Enfim! Não passei no primeiro teste teorico, estudei mais e passei no segundo! Não passei no primeiro teste prático, tive aula prática e mesmo assim não passei! Resumindo muito: FOI HORRÍVEL! Tive rematch por causa disso, vim parar no estado de Nova Iorque e graçaaaas a Deus passei de primeira tanto no teste prático quanto no teórico!
Faço questão de escrever isso aqui para que as meninas que pensam em vir para os EUA e a sua carteira de motorista provisória vencerá no tempo que vocÊ estiver aqui… Sinceramente? Não venha! Espera um pouco, ninguém vai morrer por esperar mais uns meses até pegar a carteira definitiva! Sei que quando a gente está no processo pré au pair é TÃOOO difícil esperar… Mas digo isso de coração, pq não desejo à ninguém o que eu passei! Ficar sem dirigir quando vc mora no meio do nada é horrível, sentir-se um nada pq reprovou em algo e ter aquele olhar de reprovação de um cara que nem fala a sua língua (host dad) e não poder contar com o colo de alguém amigo… vixi velho, é TENSO! Não quero perder muito tempo falando sobre isso, cada situação é uma situação! Dependendo de onde vc vai morar, tudo pode mudar. Dependendo da sua host family, tambem é mais tranquilo… então.. DEPENDE! Mas, em geral, o conselho é: Saia do Brasil com TUDO certo e com o prazo de validade looongo o suficiente pra não ter que se preocupar enquanto vc estiver por aqui!

Esta situação de carteira de motorista expirada é complicada pra quem vem com a PROVISÓRIA pois ninguem pode te ajudar, ninguem no Brasil pode pegar a definitiva e te mandar por correio pois para pegar a definitiva VOCÊ precisa estar lá no local pra tirar foto e assinar uns papeis! Já… se vc tem a carteira definitiva e esta vai vencer enquanto vc estiver aqui, não se desespere! Renovar a carteira definitiva, até mesmo a PID (que vem a mesma validade que a carteira de motorista do Brasil), é possível de se fazer daqui dos EUA! Se este é seu caso, confira este site.
Além de estar com a carteira provisória e a PID vencidas, existem outras razões que podem fazer com que a Au Pair tenha que tirar a carteira do estado americano. Algumas host families exigem (não sei o pq), outras Au Pairs querem tirar só pq a PID é muito grande pra carregar na carteira, e assim vai. Aqui nos EUA cada estado tem as suas regras e elas não costumam ser exatamente as mesmas. Na internet você acha de tudo! É só digitar DRIVER LICENSE + NOME DO ESTADO e no primeiro link que aparecer você clica e lá você achará todas as informações que precisa!

Em geral, para pegar a carteira do estado, você precisa ir no ‘DETRAN’ do seu estado (existem vários! Procure na internet para achar o que está mais perto de ti) e fazer o teste TEÓRICO! Para esse teste nomalmente não precisa marcar horário! A única coisa que você precisa fazer é olhar os horário que os teste é disponivel ir lá com os documentos que eles exigem!

Em geral os documentos solicitados são:
– 2 ou 3 comprovantes de endereço (carta de banco, DS, carta da escola… qq coisa que tenha o seu nome e o endereço)
– Social Security Card (é um cartão que você PRECISA fazer assim que chega aqui nos EUA…vc o usará pra muita coisa o nº desse cartão! *Mais Informações )
– Passaporte
O teste não é muito difícil não mas é complicado pois tem umas perguntar meio bobas e se você não prestar bem atenção, e ainda se confundir no inglês (o que é normal), você não vai passar. Um dica? Olhe na internet as perguntas referentes ao teste teorico do seu estado! Tem vários testes que da pra fazer online e normalmente são as mesmas perguntas!! Eu fiz isso e passei nos dois teste teoricos que fiz (PA e NY)!! FUNCIONA 😀
Feito o teste, se você não passou, você pode voltar no próximo dia e tentar novamente. Se passou… PARABÉNS!!!! =D
Daqui pra frente… varia MUITO de estado pra estado!
*Na Pensilvânia, depois que passei no teste teorico, eu recebi um papel que permitia com que eu dirigisse acompanhada de uma pessoa maior de 21 anos! Eles dão isso que é pra gente treinar! Depois eu agendei o teste prático (3 semanas de espera) e o teste foi feito numa espécie de ‘DETRAN’! Ruas pequenas, como se fosse um condominio fechado, cheio dos ‘PARE’. Tive que fazer baliza entre 4 cones gigantes… super horrivel e completamente diferente do brasil pois o carro é maior e a vaga maioooor ainda!
*Em Nova York, assim que passei no teste pratico, tive que agendar as minhas 5 HORAS OBRIGATORIAS. Essas aulas obrigatorias são teoricas e você pode fazer na maioria das auto escolas que existem espalhadas pelo estado! Em média custa $40!!…  Assim que você concluir esse mini curso, você receberá um papel com um código. Você precisa deste codigo para agendar a sua prova prática!!  Eu fiz o agendamento no mesmo que fiz o curso, tive que esperar um mês e meio para poder fazer o teste prático!! O teste foi na rua mesmo, em um bairro não tão movimentado. A baliza foi feita na rua, eu só estacionei atras de um carro, como a gente faz no Braisl =D e tive que fazer a ‘Conversão em K’ ou ‘Conversão de 3 pontos’… funciona mais ou menos assim:

Eu nunca tinha feito na vida mas graças a Deus fiz direitinho 🙂 não tem segredo!
Tanto em PA quanto em NY eu fiz coisas erradas. Em PA eu não parei o suficiente nos ‘PARE’ (3 segundos longooooos) e eles falaram que o jeito que eu seguro o volante quando eu faço curva pode quebrar meu dedo (???)…. Em NY eu fiz uma curva meio errada mas foi sussi… PASSEI e isso que importa =D

Bom gente, não é um bicho de 7 cabeças mas é um tanto quanto assustador o teste prático pois as ruas aqui são diferentes, são menores (eu moro na zona RURAL…então, não sei do resto!), os carros são maiores, você pode virar a direita mesmo quando o sinaleiro está vermelho… tipo, tem umas coisinhas diferentes, sabe? E na hora é inevitável ficar nervosal!! Além disso, os caras são um pouco mais exigentes com turistas (meu ex host dad disse…) então, sei lá! O negócio é praticar e buscar enchergar os seus proprios erros enquanto você está dirigindo! Uma amiga minha costumava disdizer er que pra fazer o teste prático você tem que dar uma de RETARDADA. É isso mesmo… você tem que ir devagar, olhar 3 vezes para os lados antes de andar, parar antes do sinal de PARE, esperar um loooongo tempo e daí andar, etc… tuuuudo lento, sabe como?
Uma coisa que me ajudou muito foi assitir uns videos no youtube! Tem uma “série” de videos com os 10 princiapis erros que a galera comete! O estado da Califórnia que elaborou esses vídeos mas eles são bem gerais e servem para todos os estados sim! O primeiro video é esse e daí olhe do ladinho direito da tela que tem a lista com os outros 9 vídeos!

É isso aí galera! Qualquer duvida, pergunta ^^ tamo na área! Beijos!!!

Bora viajar?

23 jun

Bom, tah ai um assunto que interessa as Au Pairs!! Pq se tem uma coisa que normalmente a gente quer fazer no nosso ano ‘auperiano’… é VIAJAR!

New York City, NY

Não sou nenhuma especialista formada em “ADMISTRAÇÃO VIAJANTE” ( 😛 ) mas, pelo que eu conversei com algumas meninas, tenho mandado até que bem nesse assunto. Em 4 meses de EUA eu já conheci alguns lugares diferentes, mais até do que umas gurias que estão por aqui a 2 anos! Vocês podem pensar ‘Nossa, como ela é inteligente!’… hauihai mas não é isso não. Eu resumiria em uma palavra: PRIORIDADE.

Washington DC, DC

A minha PRIORIDADE, mesmo antes de vir pra cá, nunca foi comprar roupas, sapatos, eletronicos, etc. Aqui nos EUA isso tudo é muito facil de adquirir (não só facil como barato!) e a tentação é MUITO grande. Cara, gastar o seu salário da semana em maquiagem é molezaaaaa… Mas, como eu falei, não é a minha prioridade! Clarooo que como boa mulher que sou =) Minha quantidade de sapatos, maquiagens e roupas de agora são o dobro da quantidade de quando eu sai do Brasil, mas… mesmo assim, sei que tem muita Au Pair por ai com 5 vezes a quantidades de coisas que eu tenho!
Enfim!!… Voltando ao assunto do título deste post, acredito que a quantidade de viagens que eu fiz só foram possíveis porque priorizei isso e daí sempre que tinha uma oportunidade pra ir pra algum lugar, eu tinha grana e ia. Alem disso, gosto de planejar as coisas.

Nampa, ID

PAUSA! – Não quero que nenhuma Au Pair se ofenda!! Sei que tem meninas que simplesmente não podem viajar pois mandam 90% do salário pras suas famílias pois estes perderam tudo o que tinham. Sei tambem que não são todas as Au Pairs que estão aqui nos EUA pq querem… algumas estão aqui pra sobreviver, outras pra ajudar suas familias, etc. E isso não quer dizer que elas não sabem economizar, ou qualquer coisa do tipo!

PLAY! =D
– Para viagens pequenas (viagens pequenas = estados vizinhos) um fds é o suficiente. Como moro perto de NYC, tem bastante onibus que sai de lá na sexta noite e vai para as cidades principais aqui por perto. Chego sábado de manhã na cidade, curto sábado todinho, domingo até a hora do almoço.. e daí volto pra casa 🙂 Esse tipo de viagem da pra curtir BEM gastando no maximo $200. Pra quem não sabe, isso é o que toda Au Pair recebe por semana aqui. Ou seja, pras meninas que não saem sempre, ou que não tão no shopping direto… veeelho, da pra viajar todo FDS por aqui perto =D
Nem sempre é tão fácil assim pq as vezes a gente tem que trabalhar, tbm temos que pagar o nosso shampoo, sabonete, etc. Alem disso, não é sempre que temos ENERGIA (Siiiim.. cuida de kids a semana toda CANSA!) e muitas vezes não temos companhia (o que não é o pior dos problemas!).

Las Vegas, Nv

O maior empecilho pra esse tipo de viagem, na minha opinião, pode ser a host family!… Sim… a host family. Sabe pq? Pq vc depende deles pra ter os fds off. Vc depende deles pra receber o salário da semana. Foram eles que escolheram o lugar onde eles moram, ou seja, se vc tah no fim do mundo e não tem trem ou onibus que te leve pra lugar nenhuuuum…  A culpa eh deles! ahuiahaui…
Assim como eles podem ser o ‘CULPADOS’, eles tbm podem ser os FACILITADORES =D Eles podem te liberar mais cedo do trabalho, dar carona pra estação de trem, pagar adiantado.. bla bla bla!!
Cara.. a HOST FAMILY é quem pode estragar TUDO ou te proporcionar o MELHOR ANO DA SUA VIDA! =D (Tah! Falo sobre isso em outro post!)

Philadelphia, PA

Já para viagens longas (tipo… cruzar o país N/S ou L/O) um fds não da nem pro cheiro. Normalmente vc leva um dia pra ir e ou dia pra voltar. Diferente das ‘viagens pequenas’, este tipo de viagem precisa ser feita com bastante tempo de antecedencia, por vários motivos!
-As passagens de avião, a cada DIA ficam mais cara se vc deixar pra comprar 1 mes antes de viajar. (Minha experiencia: Em questão de 10 minutos, a passagem subiu $100!!!!)
-Se vc começar a planejar a sua viagem e decidir que quer viajar no proximo mês e se vc não tem grana na conta JÁ… sorry, mas vc provavelmente não conseguirá juntar grana suficiente até o dia da viagem. Muito menos pagar um preço legal na passagem.
Pra variaaaar, a host family tbm tem grannnnde peso no meio dessa historia. Eles podem facilitar, dar dicas, sugestões =D um conselho eu dou: converse com eles antes! Clarooo que vc tem que conversar com eles antes pra saber QUANDO vc tem ferias. (muitas au pairs fazem planos, compram as passagens, reservam os hosteis.. e DAÍ avisam oa HF =P tosqueira! Não façam isso! Data de férias deveria ser uma das primeiras conversas que as Au Pairs deveriam ter com as host families. Sempre é bom saber com antecedencia, se programar com relação a grana, arranjar companhia, etc. ) Alem de falar com eles sobre a data que vc terá férias, pergunte sobre sites, lugares legais pra ir. Nomalmente a host family tem grana e ja viajou bastante pelos EUA, mesmo que tenha sido a trabalho. E as vezes, eles tem umas dicas mó legais de lugares, descontos, etc. Na Duvida, PERGUNTE! Não custa nada =D

Jackson, NJ (Six Flags)

Vamos ao que interessa:

*Valores:
-Viagem pequena: Em geral, vc consegue pagar um transporte (gasolina do carro, trem ou taxi) até o lugar de onde sai o BUS, pagar o bus, pequenos meios de transporte na cidade de que vc ta visitanto(metro ou onibus), uma noite eu um hostel (chutando alto: $40), coisas turisticas (museus, zoologicos), comida (sem esbanjar muito), algumas lembrancinhas pequenas, onibus pra voltar pra sua cidade, enfim.. tudo o que é essencial e mais um pouco com $200!
-Viagem longa: Em media, uma viagem de 5/7 dias, incuindo passagem aerea, hostel, comida, bobeiras, etc… (sem abusaaar)… Acima de $1000 é caro! $800 normalmente é o que deixa as Au Pairs felizes! Se for menos, melhooor ainda! =D

*Dicas de Sites:
-Tours pra FDS e tours maiores: http://www.gotobus.com/
-Transporte entre estados: http://www.megabus.com/
-Passagens de avião: http://www.travelocity.com/
-Hostel: http://www.hostels.com/
*não é o mais barato mas a qualidade é garantida: http://www.hihostels.com
-De tudo um pouco (passagens, cruzeiros, hoteis, etc): http://www.cheaptickets.com/

San Francisco, CA

Quer mais dicas??? Procure no google!! Serio =D não tem lugar melhoooor!!! Lá tem TUDO que tu imaginar! Mas… se quiser peguntar alguma coisa por aqui, tbm pode!! ^^

Meninas que já viajaram e conheceram AQUELE lugar imperdível, aceito SUGESTÕES!!

Beijos a todos e a todas, espero ter ajudado!!

“Aniversário de Namoro”

14 jun


Hoje eh dia 13 de Junho… e eu faço 1 ano e 2 meses de namoro. Ontem foi dia 12 e no Brasil se comemora o dia dos namorados. Como você deve imaginar, não estou realmente onde eu e o meu coração mais queríamos estar. Passei o dia de ontem andando de trem, voltando de New Jersey pra minha casa, após um fds delicioso. Trabalhei normalmente hoje (tirando o fato de que sonhei acordada com o meu menino…bem mais do que de costume!!) e o dia foi bom… mas, como toda menina apaixonada/queama sabe, o dia poderia ter sido melhor se ‘ele’ estivesse aqui.

Sei que esses ultimos dois dias não foram fáceis pra ‘ele’ tbm, na verdade, eu imagino que tenham sido até piores, afinal, tudo no Brasil deve estar enfeitado de corações e coisinhas pra casais, o que torna a saudade muito mais sufocante e agoniante do que o normal. Antes de vir pra cá, eu tinha milhares de medos. Medo de terminar antes de vir, medo de terminar enquanto estivesse aqui, medo de terminar depois de um ano longe do meu namorado, medo de não terminar, medo de sofrer, medo de não sofrer – o que seria estranho, afinal, se eu to longe de quem eu amo, eu deveria sofrer, não eh mesmo?… – Ah sei la, e milhões de medos mais. Graças a Deus, a decisão de eu ter vindo pra cá namorando, eu não tomei sozinha e nem só com meu namorado… Deus esteve no meio de tudo isso em todo o tempo e graças a Ele eu não me arrependo de nada. Sem duvida, está sendo muito mais difícil do que eu imaginava. A saudade DÓI de verdade… sinto que vou rasgar no meio constantemente. É agoniante o fato da saudade DOER e pior ainda é o fato de me sentir completamente impotente pois não posso fazer absolutamente nada pra mudar essa situação. É HORRÍVEL e não desejo essa dor pra ninguém. Chorar não resolve. Olhar foto não resolve. Skype ajuda mas é temporário… Meu, não tem nem como explicar. Nem a palavra SAUDADE é o suficiente mais. Na verdade, faz tempo que ela não expressa realmente o que passa aqui dentro.

Eu não sabia que ia doer tanto.

Mas, como eu falei… não me arrependo. Não me arrependo pq simplesmente tudo dentro de mim aumentou!… A saudade, claro.. mas tambem as CERTEZAS, o AMOR, a SEGURANÇA, os DESEJOS, os SONHOS… Tudo! E pra quem tem buscado viver dentro da vontade de Deus e tem a palavra ‘casamento’ como um alvo, nossa… esse ‘crescimento de TUDO não tem preço!! 😀

Eu lembro de ter lido um blog antes de vir pra cá e a menina super incentivava as gurias que tivesse namorado que continuassem firme pois “se fosse pra ser.. ia ser!”. Essa frase eu ouço desdeee que comecei a parar de odiar os ‘meninos chatos e fedidos da minha escola’ e comecei a achar eles até que… ‘legais’.. mas ela continua sendo real! Lembro tbm que o blog dela me serviu como um incentivo e encorajamento para TENTAR. Acreditar no meu relacionamento! Meu, eu tambem gostaria de ajudar qualquer menina que tivesse na mesma situação que eu… “Eu tenho um namorado… vou ou não vou para os EUA ser Au Pair? vou ou não vou para os EUA namorando?”

Esse post ta parecendo meio menina boba, apaixonda e cega que quer da uma de psicoloca do amor. haiuhaia.. não tem nada haver com isso. Sei que cada pessoa eh uma pessoa, cada relacionament eh diferente… e eu to aqui pra compartilhar o MEU =) E se casoooo… eu influencie num ‘FELIZES PARA SEMPRE’, eu não vou ficar triste!!!

Como eu disse, o meu caso, é o MEU caso. Eu amo meu namorado (acredite… não costumo usar essa palavra brincando!) e toda essa distancia, apesar de dolorida, tem feito e sei que continuará fazendo bem pra mim e pra ele! Não acredito que isso aconteça com TODOS os ‘casais separados pelo intercambio’!
Se o relacionamento já tah meio zoado, se o casal é do tipo ciumento e se eles se cobram todo tempo onde um ta indo e com quem… hhhmmm, acho que a distancia não é o melhor remédio. Talvez até seja… pra acabar de uma vez (ops, falei!) Agora, se o casal tem um relacionamento saudavel e se realmente não vem a possibilidade de ficarem separados… o Jesus, continuem juntos, firmes e fortes 🙂 Cara, eh muito possovel levar um relacionamento a distancia! O Skype, msn, telefone, estão aí pra ajudar…

Sabe, eu penso no meu menino todos os dias. Em todos os momentos. Nos bons e nos ruins tambem. Não vejo a hora de voltar pra ele… de receber um abraço, de fazer o que costumavamos fazer como acordar 5h da manhã pra irmos tomar café juntos antes mesmo que o sol tivesse levantado… mas, eu tenho certeza que seria MUITO pior continuar pensando nele todos os dias, em todos os momentos.. e não ter a certeza de quando eu votasse pro Brasil ele ia estar me esperando, ou sei lá.. pensar que eu não posso mandar um email contando como foi meu dia simplesmente pq antes de vir para os EUA eu estava com medo e agora ele é só meu ‘EX’.

Sabe meninas, não é fácil… não é fácil mesmo. Um ano passa rápido mas ao mesmo tempo muitas coisas podem acontecer. Mas cara… quando a gente AMA e é AMADO… a gente espera SIM!… e esperar JUNTO é muito melhor do que separado.

O que aconteceu nas últimas semanas…

10 maio

Bom gente… se preparem que lá vem história!
Quem acompanha meu blog percebeu que faz alguuuum tempo que eu não escrevo aqui e, alem disso, alguns posts sumiram!! Não, eu não morri! Sim… alguma coisa aconteceu! Vou explicar tudo…

Vou resumir o que aconteceu nestas últimas semanas pois não quero dedicar muito do meu tempo escrevendo sobre o qu já passou… Quero escrever sobreas as novidades, bla bla bla.

No dia 12 de Abril, uma terça feira, a minha familizinha aqui encontrou o Blog e eles ficaram bem chateados com que eles viram. Eles me chamaram pra conversar e pediram pelo Rematch (isso siginifica que eles terão outra Au Pair e eu terei que encontrar uma nova Host Family). Eles me pegaram super de surpresa pq eu nunca tive problema com eles. Na hora eu fiquei em estado de choque, não consegui acreditar… Depois que eles explicaram toda a situação e falaram sobre a segurança e a privacidade das crianças, eu entendi o lado deles. Eles perguntaram o que eu achava e daí… claaaaro… comecei a chorar. Pedi desculpas e falei que nunca tinha tido a intenção de fazer nenhum mal a familia deles. Devia ter perguntado antes de colocar qualquer coisa pro mundo inteiro ler. Enfim… Ele foram bem gentis e o momento “Queremos Rematch” foi muito mais tranquilo do que qualquer coisas que a minha cabeça tenha imaginado alguma vez na minha vida! Eles se colocaram super a disposição para me ajduar com o que eu precisasse, inclusive ficar na casa até eu achar outro lugar pra morar, etc. Este moment foi mais ‘tranquilo’ do que eu imaginava pq ninguem saiu machucado ou sangrando.. mas, não foi nenhum pouco fácil. Parecia que… aaaaah, eu ia rasgar no meio. E o pior… por uma coisa boba! Que.. se eu soubesse nem teria feito ou teria bloqueado desde o inicio!
Enfim… Não foi tão mortal pq eles continuaram me tratando super bem… continuei e continuo trabalhando normal aqui na casa deles, nada mudou!
Claro que não é a mesma coisa e… nunca voltará a ser. Eu já até pensei ‘e se eles me derem uma segunda chance?’.. Sinceramente? Eu não sei! É muito bom estar aqui, eu gosto das kids, gosto da familia, gosto das amigas que tenho aqui, do lugar, dos meu privilegios, etc… mas, como eu falei, não é a mesma coisa. Não estamos mais 100% confortaveis um com a presença do outro.
Graças a Deus eles são csão do tipo que ficam de grosseria com jugando indireta pra cima de mim. Não é um sooonho de relacionamento mas tbm não é insuportável! É bem suportável na real!
Pra ajudar, fiz meu segundo teste de motorista e não passei novamente. Desta vez não fiquei MAL como da ultima… mas fiquei mais de cara!! Simplesmente não estendi o que aconteceu! Não sei no que tanto eu errei.. e nem meu host sabe! Simplesmente não passei e ainda não sei tudo o que eu tenho que mudar para o proximo teste!
Continuando… foi dificil sim continuar trabalhando. Foi dificil levantar da cama, trocar de roupa, sair do quarto, colocar um sorriso na cara e dizer “Good Morning!”… Mas cara, Deus fo muito bom… e graças a Ele, eu fui ficando cada vez mais tranquila e disposta a trabalhar e fazer o meu melhor enquanto eu estivesse aqui!
No final desta semana que eles pediram o Rematch era o meu amado e esperado fds que eu iria viajar!! 🙂 Sim…. foi uma deliciiiia! Fui pra São Francisco, Las Vegas e Idahooo!… Foi maravilhoso e curti cada segundo! Vou colocar umas fotinahs e falar mais sobre isso em algum futuro post!!
Bom, voltei de viagem no domingo de páscoa (24.04) já me preparando psicologicamente pra começar a trabalhar na segunda e oficializar o Rematch! (Explicando: quando a familia pediu o rematch na terça feira, eu pedi que eles esperanssem eu voltar de viagem para OFICIALIZAR o negocio. Pois, assim que o rematch está ‘oficializado’, eu tenho 2 semanas pra encontrar um familia ou eu volto pro Brasil. Nestas duas semanas eu tenho que estar direto checando email, ficar perto de telefone 24h, etc…). Na segunda feira, dia 25 de Abril, eu fiquei online para que as familias que estão procurando Au Pairs pudessem ver meu profile e marcassem uma entrevista comigo pra ver se a gente se gosta e se eles me querem como porxima Au Pair!… Como toooda Au Pair, eu estava procurando familia por outros sites tambem… Quanto mais, melhor!! =) falei com algumas familias mas elas não estavam conveniadas com a minha agência (APC), o seja, não rolava de trabalhar pra eles! Nesse meio tempo, achei uma familia em um site (GAP) eles moravam pertinho daqui, era bem maravilhosa a familia… conversamos por skype e já tinhamos até agendado um dia para que eu pudesse conhece-los pessoalemte… mas, não rolou pq a ex au pair deles conseguiu mudar o visto dela para estudante e daí ela ia ficar trabalhando na casa deles e estudando… Ou seja, TCHAUUU Nicole! Passou uma semana… e NADA de família que estivesse conveniada com a minha agencia! Após esta semana, uma familia me selecionou lá no site da minha agencia para que a gente pudesse conversar… mas cara, os louco nem me mandaram um email, NAAAADA. Dai eu escrevi nehh??… Claro! Bom… os cara não me responderam! Mais uns dias se passaram e daí surgiu outra familia!!! 😀 Fiquei doida de feliiiz…! Eles me ligaram na sexta feira, dia 6 de Maio, e em 10 minutos a Host Mom me contou tudo sobre eles. Fiquei empolgada mas como eu estava no Mc Donals, eu não conseguia ouvir direito e não entendi 100%!!!… Cheguei em casa, li o email dela e me empolguei!…. No sábado seguinte, marcamos uma conversa pelo skype! Cara… foi uma deliiiiicia. 1h e pouco que pareceram segundos! Ri um monte, fui em mesma.. perguntei o que queria, deixei eles falarem tbm! Maravilha!!!… Final da conversa o pai olha pra telinha e fala em inglês “Nicole, eu gostei de você, gostei do que eu ouvi e eu adorei as suas bochechas que são iguais as da minha filha!!! 😀 Vc quer ser a nossa proxima Au Pair?”… hauihauihaia… Claro que eu disse que sim!… Adorei eles!
Desliguei a ligação e comecei a pirar sozinha na cozinha! Tava doida de feliz.. não conseguia acreditar direito!!!…. Tipo, mais 2 dias e o meu tempo pra achar uma familia teria acabado!!… Tipo, mesmo que a minha atual Host family tenha autorizado eu ficar aqui mais e.. se eu precisasse, eu poderia ficar mais do que duas semanas procurando familia… Cara, era uma agonia saber que não fazia ideia do que ia acontecer comigo!! tipo, mesmo podendo ficar mais do que 2 semanas… Isso não significa MESES. Se eu não achasse familia em no maximo um mes… CERTEZA que eu teria que voltar pro Brasil…. ou ficar ilegalmente aqui (o que não é MESMO uma opção!)….! Cara, fiquei doida de FELIZ!!!
Bom, hoje faz exatamente 3 dias que eu tenho uma New Host Family! 😀 Estou feliz pq agora faço alguma ideia do que acontecerá comigo!… A 4 dias atras eu estava literalmente PERDIDA!…. Nossa, que horrivel que era. Não sabia se ia pra NYC, TEXA ou IDAHO! Qualquer lugar nos EUA era possivel! Qualquer tipo de familia… qualquer coiiisa! Ou… até mesmo voltar pro Brasil! O único consolo MESMO era saber que NADA tinha fugido do controle de Deus… tirando isso, tudo parecia louruca e confusão! Mas, saber que Ele tinha tudo já planejado… Nossa, dava uma paz sem medida aqui dentro!! O que eu mais estava era… CURIOSA pra saber o que ia acontecer!
Enfim!… agora, tenho 5 dias me separando no ‘NOVO’… 5 dias e daí eu vou conhecer o meu novo LAR, minha nova FAMILIA… novos amigos, lugares, TUDO NOVO!… Estou ansiosa…
Tenho falado com a coordenadora daqui e estamos checando todos os detalhes só pra garatir que eu não irei ter um probleminha surpresa me esperando pela frente! Tipo, o fato de eu estar sem a minha carteira de motorista zoou MUITO a minha vida aqui… Achar uma familia que aceite uma menina que não dirige é MUITO mais dificil do que encontrar uma familia quando vc tem a sua carteira de motorista e tudo válido nas mãos!
Enfim, pelo que eu entendi, a minha vova família está disposta a esperar o tempo que for pra eu pegar a minha carteira… Ainda tenho que ver isso direitinho pq o mês de Junho está chegando e isto significa que ficarei com as crianças o dia todo em casa! Eles tem férias de verão neste período… Cara, isso não é bom MESMO quando vc não pode leva-los a um parque, shopping ou qq coisa do tipo!!
Enfim!… assim que eu tiver alguma novidade, escreverei!
Bom gente, muita coiiiisa aconteceu nessas últimas semanas. Provavelmente eu esqueci de algumas coisas! Ainda falarei das minhas férias e tambem falarei mais sobre a minha nova família! Por enquanto, adianto uma coisa: Estou Feliz!
Semana passada… eu tive o melhor dia aqui nessa minha atual casa. O meu menininho que costumava ser mais dificil de lidar… estava um doce!! Nossa, adorei! Fiz bolo pra ele (pq perdi uma aposta), brincamos lá fora (eu, ele e a minha menina mais nova)… Piramos dentro de casa.. Até fazer lição de casa foi um momento de paz!! Inacreditávelll!! Tambem tenho passado mais tempo com as minhas amigas pq uma delas está voltando pro Brasil…
(PAUSA! – São 19h46 agora e acabei de desligar o telefone! Era a minha amiguinha francesa. Ela está saindo da casa dela agora e vai vir aqui me buscar pra gente ir na Best Buy pq eu quero comprar uma maquina fotográfica decente! Meu, não pela camera… mas, o fato de ter uma guriah FRANCEEEEESA, ou qualquer nacionalidade que seja, me ligando, pegando o carro pra vir me encontrar… cara, é muito mágico! Fica aí um insentivo para as futuras Au Pairs, depois deste post longo com assuntos não tão bons… Meu, as coisas que a gente experimenta aqui, por mais simples que elas parecem ser… Cara, são inexplicáveis!! E fazem cada horinha que trabalhamos tãooo longe daqueles que a gente ama… valer MUITO a pena! – Como eu disse, é INEXPLICÁVEL!… certeza que independente do meu impenho de me fazer compreensivel… não consegui expressar 100% o que tá acontecendo aqui dentro!)
Gente, vou saindo já… ah.. com relação ao ultimo post, que eu falei que ia bloquear o blog… Bom, eu não consegui fazer os usuarios! Vou tentar fuçar mais aqui mas não se preocupem, se eu bloquear… é pq eu descobri outro jeito de vc entrar no blog, ok?
Beijos à todos… e um MEGAAAA especial pra minha amiga Jú que tah de niver hoje!! Linda, que NECESSIDADE de te abraçar!!
Mil beijos!

President´s Day

22 fev

Diferente do que o título deste post e a imagem que coloquei aí em cima dão a entender…não falarei nada sobre o presidente ou qual é a história deste feriado. Só quero falar como foi meu dia 😀

Hoje é o DIA DO PRESIDENTE e por isso ninguem trabalhou, inclusive eu!  Acodei as 7h e fiquei me enrolando até as 7h38. Meu horário de ESTAR TRABALHANDO é as 7h45, ou seja, estava atrasada. Deixei a cama sem arrumar pois não tinha tempo. Troquei de roupa rapidinho e corri pro quarto das crianças. As meninas já estavam de pé e com a cama arrumada, a unica coisa que precisei fazer foi ajudar a minha menina mais nova, Isabella, escovar e arrumar o cabelo. Feito isso, desci com as meninas para a cozinha e lá estava todo o resto da família… Mollie, Matt e o pequenho Nicholas. Do nada a Mollie me convida pra ir comprar uma parada e eu achei estranho afinal era hora de ela ir trabalhar…=P daí que me toquei… EU NÃO TENHO QUE TRABALHAR HOJE! Droga! Agora já era… =D respondi: Sure! (Claro!) Saí com ela e com a mais velha, Aidan. Fomos em uma lojinha.. e ah, que delicia… no meio do caminho começou a nevar!!!! =D Bemm lindinhooos os floquinhos caindo. Não era nada de NEVASCA… mas pra quem estava vendo pela SEGUNDA vez (tenho que contar como foi a primeira…)… foi LINDO! Eu estava dentro do carro e via a neve caindo bem lentinha… Ela vinha contra o carro.. então era bem lindinho de ver ela ‘correndo’ na minha direção. Assim que desci do carro, na frente da padaria, fiquei que nem boba olhando pro céu.. queria ver a neve caindo de longe e senti-la me tocando… =P que nada. O ceu estavabranco demais… não via ela caindo. Ela é levinha demais… não senti nada 😛 Até pq, estava cheia de casaco… e o meu rosto e a minha mão estavam congelados = não senti nada! HAuihauia.. mas foi lindo de qualquer jeito!
Compramos os pães e passamos no Starbuck (OBS. tem Starbucks em TODO canto por aqui! Dentro de shopping, farmacia, a cada esquina!!!…) A minha hostcomprou um pra mim =) bem bom. Voltamos pra casa, todo mundo sentou na mesa e comemos!! CAra… o povo tinha feito taaanta propagando do tal do BAGELS(n sei escrever) que na hora achei beeem normal. É um pão redondinho que pode ser salgado, doce…com chocolate, frutinha, bla bla bla. Bem Normal!
Depois de comer a minha pequena queria desenhar comigo… =) lá fui eu! Ela me ensinou como FAZER UM BONECO DE VERDADE!! Hauihaia.. ela disse que de palito não valia! – Coisa fofa! Depos de um tempo, vim pro meu quarto, fiquei na net… conversei com meu namorado delicioso =) minha mami, minha amiguinha Juju que vem me visitaaaar e dai a Samara (atual/ex au pair aqui da casa) chegou e daí fomo juntas na BUCKS =D minha atual escola!!! Fiz  minha matrícula lá no curso de inglês… Conheci a minha sala já! 🙂 Estou bem ansiosa… não vejo a hora de começar a estudar inglês pra valer, aprender direitinho.. conhecer novas pessoas tbm!! Ah, hj oficialmente eu posso dirigir…=) o meu host me incluiu no seguro do carro!

Observação sobre dirigir aqui!! =) Os carros são GIGANTES e as ruas bem pequenininhas! Isso não é regra geral dos EUA… é que a minha cidade é pequenininha! Tem placa de veado por todos os lados… vira e mexe tem um morto na rua 😛 raposa, pato.. ixi! De tudo…! As ruas são bem lindinhas.. pequenas e cheeeeias de árvores… é lindo demais! A única coisa ruim é que aqui tudo é longe… o shopping, a academia, a facul… nunca é menos do que 20 minutos de carro SEM transito!

Observação sobre estas ultimas 3 fotos: Tirei elas enquanto passeava dentro de uma propriedade privada!! =P Eu não sabia que era… achei lindo e fui entrando… até que vi umas placas e várias casas!! =/ Saí Correndo!!

Continuando… Da universidade, fomos para a academia! Meu.. uahiuahai é muito chic aquele lugar! Milhares de instrumentos, tem quadra de basquete/volei/futebol, piscina grande e pequena, sauna… Nossa! Uma delicia! E o maiiis legal…: Vc não precisa levar nada pra academia =) lá tem toalha, shampoo, condicionador, sabonete, secador… Uma maravilha!!! =D é só levar uma roupinha pra se trocar e vc sai de lá cheirosinha! 😉
Da academia, Samara e eu fomos pro shopping… almocei no Subway, a unica coisa que conhecia alem de Mc Donalds, e dai passei um pouco por a. Comprei um microfone, umas bugiganga como clips colorido 🙂 troço pra recado… Comprei um moletom  tbm….. =)
Daí andei pela GAP só pra ver… Victoria Secret que só da calcinha fio dental… e daí vim pra casa. Meuu… liguei o GPS, detalhe: primeira vez dirigindo sozinha!!! Jesus! ahuiahai Se fosse vivo o bicho teria ficado bravo comigo. Me perdi pq achava que a entrada era mais longe, daí passava.. nossa, uma zona. Cansei de ouvir: ‘Recalculating Route’!  Hauihaia.. só sei que cheguei viva!!! 😀
Em casa, os pais da minha host estava jantando… Dei um oizinho, eles ofereceram pra eu jantar com eles mas eu disse que não estava com fome… Fui pro meu quarto e daí as meninas me seguiram. Viram tudo o que eu tinha comprado e ficaram pirando aqui. Conversei no Skype com um, no msn com outro… e daí comecei a ver preço de passagem =D que delícia que foi sonhar e imaginar… Estou planejando umas coisas… =) vamos ver se vai dar certo!! ^^
Depois de um tempão… desci, coloquei um pã na torradeira, peguei um nescau pronto que tinha… passei manteiga no pão… e JANTEI! =)
Diferente dos americanos, eu consigo comer um pãozinho numa BOA pra janta… já eles!!!… Meu Deus… fazem um monte de coisa pra jantar, cozinham mesmo… como se fosse almoço!! =P É tudo do contra… o que npos comemos no almoço (arroz, batata, carne, macarrão…), eles comem na janta. E o que nós comemos na janta (sanduiche, pão tostado com queijo, coisa sussi..), eles comem no almoço!! Vai entender!!!…
Terminei meu jantar… a família estava toda na sala assistindo TV! Tão lindo de ver.. todo mundo reunido, rindo. O host super pirando imitando os atores da tv e a criançada se partindo de rir…

Que saudade de casa…

Falando em saudade, sonhei com meus amigos da igreja!!! Foi bem gostoso… acordei super sorrindo… ^^ Tava todo o povo… TODOS, sem excessão… e o Gu super pirando no meio de __________ ( como é mesmo o nome do pastor? ), como sempre!! – saudade de estar com vcs tooodo fim de semana!!!!

Enfim… é isso aí por hoje! Amanhã cedo tenho que eu alguma especie de cartorio(?) fazer meu Social Security… Sei lá pra que isso! Só sei que sem isso não posso tirar a minha carteira de motorista, fazer conta em banco, etc…
E dai… como sempre… ficar com as criancinhas pirandoo!
Graças a Deus elas são muiiito tranquilas e os meus hosts são DEMAIS! =)

To feliz…